TIO RICCO

Posted on setembro 16, 2020

TIO RICCO

MUITO RISCO E POUCO EGO

Há um tempo eu escrevi na minha página do Instagram (@tioricco) que “reputação é aquilo que os outros pensam de você e caráter é aquilo que você realmente é” e vou além: personalidade é aquilo que queremos que os outros pensem da gente. As pessoas sempre procuram mostrar algo aos outros para que eles olhem pra nós como nós gostaríamos de olhar pra nós mesmos.

Por exemplo, se eu estou um pouco acima do peso, coloco uma camisa mais escura pra disfarçar a minha barriga. A pança nessa analogia seria o meu caráter, eu vestir a camisa preta seria a personalidade que quero que os outros vejam e o que as pessoas realmente pensam sobre a minha barriga seria minha reputação.

Nossa reputação, portanto, nada mais é do que a leitura que as pessoas ao nosso redor fazem de um conjunto de informações que, de forma consciente ou não, direta ou indiretamente, fornecemos a elas.

Posso garantir que todo dia cada um de nós passa sem perceber por situações assim. Não chegam a ser mentiras propriamente ditas, mas um olhar enviesado sobre nós mesmos que pode levar aos outros a construírem um conceito sobre nós que não necessariamente está errado, mas também não é exatamente preciso.

Por exemplo, quando eu conheci a Betina, mostrei pra ela a minha personalidade: eu a levei pra umas farras, viajamos pro verão europeu e eu vivia fazendo umas estripulias bem extravagantes pra ela, que se já não batia muito bem dos pinos, ia à loucura comigo.

Por exemplo, um dia a chamei pra jantar fora e ela disse que queria um lugar mais tranquilo. Pedi para o Mossad levá-la para o heliponto, onde a encontrei, partimos para a ilha de papai em Angra, jantamos na praia a luz de velas e voltamos na hora que o meu sogro mandou. Foi demais. Eu estava na fase da conquista e fazia de tudo pra que ela gostasse daquele cara jovem cheio de um monte vontade, ideias e cabelo. Essa era a minha personalidade e, apesar de a Betina me achar divertido, eu não sentia que ela estava se apaixonando por mim como eu realmente queria que ela estivesse.

Mesmo assim, engatamos um namoro e nosso relacionamento foi evoluindo. Com o tempo ela conheceu o meu verdadeiro eu: um cara correto, justo, trabalhador, obcecado pela perfeição e excelência e uma pessoa extremamente sonhadora. E se ela foi à loucura com a minha personalidade, ela conheceu então o meu caráter e foi por ele, pelo meu caráter, que ela saiu do chão e se apaixonou perdidamente.

E assim, sem nem perceber, a Betina me deu uma das maiores lições da minha vida: aprendi que quanto mais próximos um dos outros estiverem o caráter, a personalidade e a reputação, maiores as chances de a pessoa ser bem sucedida.

A partir de então, decidi sempre tentar expor ao mundo meu verdadeiro eu e percebi que muitas vezes eu mesmo não gostava do “eu” que tinha a mostrar. Nem sempre gostamos daquilo que a gente mesmo é e não tem problema nenhum se isso acontecer.

Ninguém é perfeito. Lembrem-se disso: NINGUÉM É PERFEITO, mas ao mesmo tempo não existe motivo nenhum para aceitarmos nossas imperfeições e deixá-las lá como se nada pudesse ser feito.

O que fazer quando nos deparamos com facetas de nós mesmos que não gostamos? Devemos fugir daquilo que somos? Podemos fazer isso, mas me parece um caminho excelente para o fracasso. Na minha opinião, a melhor opção seria mudar esses desvios até que nossa personalidade encontre o nosso caráter que sejam positivamente refletidos na nossa reputação.

O auto-conhecimento e a busca incessante pela perfeição nos leva na prática a entender o que sempre digo por aqui, “Muito Risco e Pouco Ego!”

Beijo grande!

Tio Ricco

PARASHIOT mais recentes

PARASHIOT MAIS RECENTES

VAYESHEV

O Heroísmo de Tamar Esta é uma história verídica que aconteceu na década de 1970. O rabino Dr. Nahum Rabinovitch, então Dir...

Leia mais →

VAYSHLACH

A Parábola das Tribos Do início ao fim, Gênesis capítulo 34 conta uma história assustadora. Dinah, filha de Jacob – a ...

Leia mais →

VAYETSÊ

Tempo para Amor, Tempo para Justiça O Judaísmo é supremamente uma religião de amor: três amores. “Amarás o Senhor teu D-s ...

Leia mais →

HORÁRIOS DAS REZAS